Cuiabá (MT), 16 de janeiro de 2018 - 11:37

? ºC Cuiabá - MT

Contato DestaqueVip (65) 9.9600-2060

Notícias

05/01/2018 15:48

Produção de veículos sobe 25,2% no Brasil em 2017, diz Anfavea

A produção de veículos no Brasil fechou com alta de 25,2% em 2017, informou nesta sexta-feira (5) a associação das montadoras (Anfavea). No total, foram feitos 2.699.672 carros, caminhões e ônibus no ano, contra 2.156.356 veículos em 2016.

O desempenho encerra 3 anos seguidos de queda na produção de veículos brasileira e a alta foi puxada pelas exportações que marcaram o recorde histórico neste ano."É um número a se comemorar, mas a capacidade ociosa da indústria ainda é elevada. Em caminhões, está perto de 75%", afirma Antonio Megale, presidente da Anfavea.

Exportações

De janeiro a dezembro de 2017, as montadoras enviaram 762.033 veículos para fora do país, um crescimento de 46,5%, quando comparado às 520.137 unidades de 2016 (veja para onde vão os carros, ao fim desta reportagem).

Até então, o melhor ano em exportações era 2005, com 724.163 mil unidades no total.

"Estamos em uma fase muito positiva do ponto de vista da exportação, e isso nos ajudou bastante. Existe uma preocupação grande das empresas em exportar e o país está contribuindo com acordos. Finalmente, o acordo com a Colômbia aconteceu", afirma Antonio Megale, presidente da Anfavea.

O alto volume de exportações fez a produção aumentar mais que as vendas internas no Brasil, que subiram 9% em 2017, após 4 anos seguidos de quedas. Mas os emplacamentos para consumidor final fecharam o ano com leve queda.

Empregos

O nível de empregos na indústria automotiva apresentou leve alta em dezembro de 2017, com 126.696 trabalhadores, alta de 4,6% na comparação com dezembro de 2016, quando as montadoras empregavam 121.178 pessoas.

Além disso, as montadoras trouxeram de volta trabalhadores que estavam afastados. No final de dezembro, 1.885 funcionários tinham algum tipo de redução na jornada, sendo 949 em lay-off (suspensão temporária de contrato) e 936 em PSE, programa do governo que reduz as horas trabalhadas e os salários. Este número é muito inferior ao de dezembro de 2016, quando 9 mil tinham alguma restrição na jornada.

"Em março de 2016, tínhamos 38 mil pessoas em PSE e lay off. O que mostra a importância destes programas na questão de flexibilidade. Os postos de trabalho foram preservados", explica Megale.

 

Híbridos e elétricos

Apesar de ainda pouco populares no Brasil, os veículos híbridos tiveram um 3.296 emplacamentos em 2017, batendo o recorde histórico.

"Embora não seja um número muito grande, é três vezes o número do ano anterior", aponta Antonio Megale, presidente da Anfavea.

 

Previsões

Para 2018, a entidade prevê um crescimento de 13,2% para a produção, o que faria as montadoras produzirem 3,5 milhões de unidades no ano. Para emplacamentos, a expectativa é de atingir 2,5 milhões de unidades, um crescimento de 11,7%, enquanto as exportações devem subir 5%, chegando a 800 mil unidades.

 

2
Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo